:: Juventude Ativa ICNV Abolição ::
              
     A primeira fase do Lidere chegou ao fim!
    Em breve teremos o resumo das aulas!
      O balanço do que significou para nos
     e informações sobre a próxima etapa.


 Introdução

     Nos da juventude estamos trabalhando com o projeto Lidere que visa estar passando conhecimentos sobre liderança para que sejamos jovens equipados para trabalhar na obra de Deus! A nossa primeira aula aconteceu no dia 14/11/09 no culto da juventude. Fique ligado para a data da próxima aula, click no link agenda aqui mesmo no site e veja o que vai rolar esse mês. Você que estava presente na primeira aula e recebeu seu material de estudo, não se esquece de
levar no nosso próximo encontro! Você que perdeu a primeira aula não se sinta constrangido sinta-se a vontade em participar.


 
Sobre liderar

  A instrução da Bíblia aos lideres espirituais é de que sejam não apenas lideres, mas também servos. O líder-servo não age como dominador, tirano ou ditador com o povo
de Deus. Ele vai "na frente" do povo. Liderar como um servo é ser o “primeiro a fazer" o que diz, evitando o exemplo dos fariseus que instruíam o povo a fazer coisas que eles mesmos não faziam. 


  O lider-servo pede ao povo de Deus que faça aquilo que ele próprio
 já pratica em sua vida.

 Isso deve se manifestar, primeiramente, no modo como ele lida como o pecado e na sua disposição em se arrepender.    
  Líderes sensatos nunca tentam fazer a obra sozinhos. Eles sempre pedem ao senhor que envie outros para ajudá-los em seu ministério. Tentar realizar um ministério
sozinho é ter a certeza de falhar. Outro aspecto importante para ser bem-sucedido é a pratica regular do jejum coletivo, principalmente quando iniciamos uma missão importante ou entramos num período especial para a igreja (campanha, início de trabalhos, mudança de líderes nas áreas da igreja, eventos, festas com propósito de evangelizar e etc...). Tenha a plena certeza de que Deus honra os que, com humildade, oram e jejuam. (Esdras 8:21-23).


  Ser um bom administrador dos seus próprios recursos materiais é obrigatório para
 uma líder. Mantenha todos os assuntos financeiros abertos para as pessoas. (Esdras 8:28-33)


  Por fim, os líderes devem ser intercessores, ou seja, deve dedicar um tempo para
orar a Deus pelos fiéis, em vez de ficar aborrecido, devido
suas falhas ou fraquezas. Orem por seus liderados, guardando-os em oração contra as tentações e do pecado. Uma vez dado o exemplo, por meio da naturalidade em confessar o pecado, eles estabelecem um modelo a ser seguido.

  O líder deve adquirir a confiança dos seus liderados através da compreensão,
 procurar entender as limitações de seus liderados, ao invés de exigir que eles façam algo por imposição. O líder procura conversar e deixar o liderado bem a vontade, não seja um ditador que assusta seus liderados, pois eles podem está se esforçando, mas esbarram em suas limitações, procurar encaixar cada um em sua função para que ele possa atuar de forma mais proveitosa. Esteja atento as necessidades dos seus
 liderados, dê atenção à suas idéias e esteja sempre disposto a ouvi-lo.


* Devocional sobre liderança *

  Remete a:    
    Responsabilidade 
 *Ë    Comprometimento  
     
                  “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e  
               todas estas coisas vos serão acrescentadas..” (MT 6: 33) 
  
          " Onde não há conselho fracassam os projetos, mas com  os muitos
                    conselheiros há bom êxito.”  ( Prov. 15:22 )  

   Ao contrario do que o mundo dia “se conselho fosse bom se vendia não dava”. As pessoas hoje são desconfiadas, por isso muitos acabam se fechando demasiadamente e se achando auto-suficientes. Sabemos que vivemos em uma família, em um corpo e você não quer que seu corpo fique com deficiência, queremos “ ajudar”. Temos que nos suportar dar esse apoio. 

   Lideres e pastores também são humanos como nos, são ovelhas de Deus, eles também gostam de falar e serem ouvidos. Eles também têm a necessidade da palavra de Deus. Ser líder no mundo é status, poder, estar bem posicionado, enfim, estar no foco da sociedade. É bem verdade que existem pessoas dentro da igreja que querem o “cargo de liderança” para aparecer, e bíblico que se levantariam falsos profetas, mas existem grandes e fies homens de Deus na igreja.    Nos somos corpo de Cristo, e sendo assim cada um tem uma função. Às vezes para alguns parece mais “legal” ser do grupo de louvor, por exemplo, mas imagina se todos estivessem nessa área? Temos que louvar, prestar culto diariamente, mas Deus capacitou pessoas especificas para exercer cada área dentro da igreja para que nenhuma fique deficiente.     Sujeitamo-nos ao nosso pastor entendemos que ele é homem de Deus. Assim também deve ser o respeito pela liderança que foi instituída por Deus.

          “Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas
          forças,
porque no além, para onde tu vais, não há obra, nem projetos,
               nem conhecimento,nem sabedoria alguma.” ( Ecl 9:10)

   Devemos fazer por prazer de servir, com disposição, vigor, com alegria! Uma função na igreja não nos pode “subir a cabeça”, antes de tudo devemos estar na qualidade de servos. Liderar é o ato de se conectar com outras vidas e fornecer suprimento para elas. Líder não esperar recompensa, muitas vezes a liderança está ligada ao sacrifício próprio em prol da palavra isso é uma linha tênue. Liderar não é, somente, está a frente de varias pessoas com microfone na mão, líder é aquele que conduz e influencia as pessoas, encorajando-os a seguirem um determinado caminho, tomando decisões, administrando conflitos e executando tarefas. A Bíblia nos mostra que um líder bem sucedido começa dentro de seu próprio lar                “pois, se alguém não sabe governar a própria casa,
                  
como cuidará da igreja de Deus?” (1 Tim 3:5)

   Cuidado com as vidas, a misericórdia, paciência, mansidão, são atributos de um servo líder. Temos em Jesus exemplificado as qualidades necessárias para um líder justo.
                                                                                                               
                                                                                                                                    Soc

  
  A Influência – por: Marcos Witt

   
   Todos somos líderes! Talvez você pense “eu não quero ser um líder” ou “nunca me imaginei como líder”. Devido ao conceito errado que temos sobre liderança, muitos de nós nunca nos consideramos candidatos a esse posto. O fato é que mesmo o mais introvertido entre nós influencia mais de oito pessoas ao seu redor, todos os dias. As pessoas mais extrovertidas influenciam ainda mais pessoas! Lembre-se, se você é mãe ou pai, é um líder. Se é professor em uma escola, é líder. Se tem um cargo de conselheiro em um condomínio, é líder. Se é pastor de uma congregação ou diretor de um grupo de estudo bíblico, também é um líder. Qualquer um que influencie outras pessoas é um líder. 

                      TODOS NÓS PODEMOS APRENDER

  A arte de liderar é algo que todos nós podemos aprender. Assim como podemos aprender a tocar um instrumento ou dirigir um carro, podemos aprender a liderar porque liderança nada mais é do que uma disciplina. É certo que alguns terão mais destreza ou aptidão natural do que outros, mas todos nós podemos aspirar conhecer os princípios fundamentais da liderança para que possamos influenciar corretamente as pessoas que nos rodeiam. Lembre-se do ditado: “As más companhias corrompem os bons costumes”. Precisamos aprender a influenciar corretamente. A influência é o fundamento da liderança, nada mais nada menos. É saber como, quando, quanto e de que maneira usar a influência sobre as pessoas. É imprescindível aprender como adquirir influência, como ela funciona, como não abusar dela e como ser um bom mordomo da influência. De fato, como em todas as coisas, se formos bons mordomos, nossa influência crescerá e chegaremos ter cada vez mais dela.



              A GRANDE IMPORTÂNCIA DO FATOR TEMPO


   Adquirimos influência com o tempo. Não é algo que acontece da noite para o dia. O tempo é um grande amigo quando falamos de influência porque é a escola de que precisamos para conhecer o sucesso e o fracasso, a vitória e a derrota. É através de cada sucesso e vitória que adquirimos mais influência. Da mesma forma, a maneira como lidamos com nossos fracassos e derrotas determinará se adquirimos mais influência ou a perdemos. Cada derrota tem uma lição extraordinária para nós. O fracasso é algo que devemos aprender a valorizar. Através dele podemos aprender a como NÃO fazer as coisas. Precisamos aprender a pegar um “limão azedo” e transformar essa má experiência em uma “limonada” de aprendizagem para nossas vidas.



                                    PERSEVERAR 


Quando falamos de adquirir influência é impossível não mencionar a palavra “perseverança”. Muitos não alcançam o nível de influência que poderiam ter por causa de sua inconsistência. O tempo, somado à disciplina, transforma-se em uma grande combinação para nos trazer ainda mais influência. Quando as pessoas percebem que você é um líder estável, consistente, contínuo, disciplinado e perseverante, depositam mais confiança e credibilidade em você. Ao fazer esse depósito, eles outorgam a você mais influência. É assim que funciona. É possível tanto “adquirir” quanto “receber” a influência. Há práticas e disciplinas que nos permitem “adquirir” mais influência, assim como há situações, eventos, reconhecimentos e acontecimentos que nos “outorgam” influência. Precisamos conhecer a arte da influência e saber usá-la com sabedoria, e assim alcançar o nosso potencial máximo.
                                                   Marcos Witt